DICAS PARA QUEM VAI COMPRAR O PRIMEIRO IMÓVEL

28 de Nov de 2017

A compra do primeiro imóvel representa a conquista de um sonho e é sempre um marco importantíssimo na vida de qualquer pessoa. Mas uma aquisição feita da forma errada poderá trazer sérios prejuízos financeiros não só a você, mas a toda sua família, podendo impactar negativamente a sua vida por um longo período. Por isso, separamos dicas essenciais para quem quer comprar o primeiro imóvel da melhor forma possível.

 Planeje-se financeiramente

A primeira coisa que se deve fazer para conseguir atingir esse sonho é se antecipar e se planejar financeiramente. Organize seu orçamento lançando seus ganhos e gastos em uma planilha e calculando quanto sobrará por mês para ser investido na compra do imóvel.

Economize e invista o que for poupado

Com base em seu orçamento, se esforce para fazer economia: tente estabelecer um percentual mínimo de sua renda a ser poupado por mês. Se você perceber que não está sendo possível atingir o valor desejado, analise o que pode ser cortado de outros gastos. Transforme essa economia em hábitos para iniciar a conquista de seu imóvel da melhor forma possível.

 Este dinheiro economizado mensalmente deverá ser aplicado em algum tipo de investimento financeiro para render ao longo do tempo. O ideal é investir em alguma aplicação segura de renda fixa, que lhe garanta ganhos estáveis e previsíveis, mantendo assim o valor de compra do dinheiro e possibilitando fazer uma planejamento sobre a quantia necessária e o momento certo para iniciar a aquisição do imóvel

 Procure a melhor forma de pagamento

Por causa dos altos preços, nem sempre se consegue reunir o valor total para comprar o imóvel à vista. Por isso, é importante ter em mente quais são as outras formas de pagamento possíveis e adequá-las de acordo com sua capacidade financeira. Ao optar pelo financiamento, busque sempre dar um valor de entrada, o maior possível. Quanto menor for a quantia a ser financiada, menores serão as parcelas e os juros a serem pagos e mais rápido o imóvel será quitado. O ideal é que a parcela de financiamento corresponda no máximo a 20% de sua renda.

 Lembre-se de que financiamentos desse tipo são de longuíssimo prazo, impactando seu orçamento por um tempo mais do que considerável. Não se esqueça de que uma ajuda pode vir de seu FGTS, já que seu uso é permitido para a aquisição e financiamento de imóveis, mas, antes de optar por ele, pesquise bem as condições e taxas do banco. Negocie as melhores condições de pagamento.

Pesquise bem onde vai morar

Ao escolher o imóvel, é importante saber, antes de tudo, como é a região onde você pretende morar. É preciso analisar cuidadosamente como será o acesso ao seu trabalho, à escola ou à faculdade, seja em termos de distância ou de oferta de meios de transportes disponíveis no local. Verifique também como é a oferta de serviços e comércio da região, como farmácias, bancos, supermercados e outros.


Galeria de Imagens